Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Economize’ Category

Jeans! A peça que não enjoa, que não sai de moda, que todo mundo tem, a preferida, versátil, peça chave no guarda roupa!

Mas hoje em dia é difícil achar um jeans que caia bem no corpo e  não nos faça sair da loja com a consciência pesada!

Num passeio pela rua José Paulino, no bairro do Bom Retiro, em São Paulo. Conheci uma loja maravilhosa, que vende calças lindas à um preço interessante! O nome da loja é Gazzy, e conta com duas lojas nessa mesma rua, uma no número 133, e outra no 312.

Encontrei um grande número de modelos com cintura baixa e cós mais grosso, como eu gosto. Pois esses modelos costumam deixar agente mais a vontade na hora de sentar. Não mostrando o que não deve ser mostrado! De todas as lavagens, tamanhos, modelos..enfim para todos os gostos, a loja também conta com blusinhas, que não são o foco de vendas [e nem tãão lindas quanto os jeans], mas como opção para sair com um conjunto de jeans e blusinha.

Pra quem gosta de economizar, mas não levar coisas de baixa qualidade pra casa, essa loja é o lugar! Preços que vão de R$49,90 ao mais caro que vi, pasmem, R$84,90!!!

Vale a pena conhecer! Lembrando que a rua é bem movimentada, ainda mais nessa época do ano.Então o legal é pôr um tênis, um óculos de sol e levar uma bolsinha bem pequena, só com coisas essenciais! E ir às compras!

Fica dica visitar outras lojas na rua, que é famosa por seus preços baixos e qualidade nos produtos.

 

bjos

Prisummer*

Anúncios

Read Full Post »

Gente hoje a dica é pra quem gosta de Prata e outras jóias!

Muita gente sabe que é difícil encontrar um lugar que venda jóias com  preço baixo e boa qualidade.  Mas acontece o contrário no centro de São Paulo. É agente sabe que lá tem de tudo(rs)! Mas a variedade de lojas que você encontra, oferecendo acessórios lindos, sofisticados e muuuito baratos!

A dica é ir na Rua Barão de Paranapiacaba, que é onde eu encontrei a maior variedade de lojas boas, no sentido de bom atendimento, peças muito bonitas e muita variedade, bem como correntes, pulseiras, anéis, brincos entre outros.

Essa rua é uma travessa da Praça da Sé. Muito fácil de chegar porque é pertinho do Metrô. E a rua é pequena, mas como a maioria das lojas são nos andares dos prédios, as opções de lojas só aumenta! E há também muitas opções em ouro, aço, ouro branco e muito mais. E a regra também vale para eles, que tem valor mais alto mas nem se compara aos preços dos mesmos num Shopping, por exemplo. E tudo com garantia, afinal não é nada legal o barato sair caro!!! Então vale a pena conferir! 

Enfim, fica a dica, ainda mais nessa época do ano que sempre queremos dar presentinhos para nossos queridos. E também para nós mesmos né!!!

bjos

Prisummer*

Read Full Post »

Está chegando o Natal…um pouco mais de um mês para a época em que queremos dar pelo menos uma “lembrancinha” pra mãe, pro pai, irmãos, amigos, amigos do trabalho, as amigas da faculdade, namorado (a), marido, sogra, sogro, e a lista não para de crescer.

 Uma forma de querer agradar a todos, mas não gastar muito, é realmente pesquisar preço e ter muita paciencia. Nesta época, lugares como a rua 25 de Março, Brás, José Paulino (famosas ruas em São Paulo), já começam ter movimento dobrado devido as compras de Natal.

  As dicas é sempre tomar cuidado com as bolsas, carteiras e dinheiro, andar com sapato e roupas confortáveis, e ter muita paciência, afinal, não será só você que está atrás das grandes ofertas e preço baixo.

  Vale a pena andar, pesquisar, pois nessa época, consegue-se pegar muita promoção, principalmente quando se compra em quantidade.

Comprar ou não comprar, eis a questão!

   Mas, no fim das contas, vale a pena fazer um esforcinho e presentear as pessoas queridas, nem que seja com a famosa LEMBRANCINHA.

Read Full Post »

Fonte: G1

Fonte: G1

Dirigir de uma forma “sustentável” é bom para o meio-ambiente e para o bolso, especialistas garantem que é possível diminuir o consumo de combustível em até 20% mudando apenas a maneira de dirigir o carro. Saiba como:

1-) A escolha do carro

O primeiro passo é escolher o carro adequado para o perfil do motorista. Também pensando na cidade, em São Paulo você dificilmente consegue alcançar grandes velocidades, prefira carros menos potentes e mais econômicos.

2-) Tenha o carro sempre em ordem

O estado e manutenção de alguns componentes do carro também têm interferência direta no consumo de combustível. O primeiro item que merece atenção é a calibragem dos pneus. Quanto mais próximo os pneus estiverem da calibragem estipulada pelo fabricante, menor será a resistência ao rolamento e o esforço do motor para empurrar o carro que passa a trabalhar em rotações mais baixas e diminui o gasto de combustível.

3-) Dirigindo

No trânsito, para ganhar velocidade, o motorista deve utilizar o câmbio, ao invés de pisar fundo no acelerador. O motorista deve fazer as trocas de marchas quando a rotação chegar aos 2.500 rpm, sem pisar mais no acelerador para fazer a mudança. Quanto maior a pisada no acelerador, maior a queima desnecessária.

Ande em uma velocidade compatível com o trânsito, acompanhar o ritmo do trânsito permite que o motorista aviste um sinal fechado à sua frente. Com isso, ele pode diminuir a velocidade gradativamente a tempo que o farol abra e não precise parar o carro completamente.

Fonte: G1

Read Full Post »

Uma árvore plantada a cada 50 mil buscas realizadas. Essa é a promessa do site eco4planet, buscador on-line que utiliza o sistema Google de pesquisas e é praticamente idêntico ao original. As árvores serão plantadas principalmente na cidade de Ribeirão Preto (SP) e poderão ser acompanhadas pelo twitter do portal. O rodapé da página mostra quantas pesquisas ainda faltam para que a próxima árvore seja plantada (o plantio, segundo informa o site, é mensal).

O que chama a atenção no eco4planet é sua cor predominantemente negra. Mas ela tem um motivo: de acordo com o portal, o preto faz com que o monitor utilize 20% menos energia na exibição quando comparada à tela branca. A idéia é pensar em grande escala. Como explicam, se consideramos “as mais de 1,4 bilhão de buscas diárias realizadas no Google com tempo médio suposto em 10 segundos por pesquisa e a proporção de monitores por tecnologia utilizada, teríamos com um buscador de fundo preto a economia anual de mais de 5,3 Milhões de Kilowatts-hora!”. Esse valor corresponde, por exemplo, a mais de 88 milhões de lâmpadas de 60 watts desligadas no período de 1 hora.

Acesse: eco4planet – www.eco4planet.com/pt/eco

Read Full Post »

noivos

Para os Pombinhos, aí vão algumas dicas para economizar na decoração da cerimônia!

1 Flores da estação são bem mais baratas e estarão mais bonitas do que outras que poderão sofrer e se deteriorar rapidamente como o calor ou com o frio excessivo na época do casamento.

2 Não é necessário enfeitar todos os bancos / cadeiras com arranjos de flores. Decore um e pule um ou dois, completando com tule branco ou laços de fitas.

3 Ao invés de escolher apenas flores nobres, procure mesclá-las, com espécies mais simples. Utilizar uma bela folhagem ou junco como preenchimento também pode ser uma boa idéia.

4 Se a cerimônia acontecer ao ar livre, plantas envasadas são ótimas opções para decorar o caminho até o altar. Dependendo das espécies escolhidas, vocês poderão alugar estes vasos, reduzindo bastante o custo.

5 Igrejas que possuem paredes decoradas e outros belos detalhes internos pedem uma decoração mais clean e, consequentemente, mais barata.

6 Fazer o próprio buquê em casa pode parecer tentador, ao menos que seja algo simples como alguns botões amarrados com um lindo laço de fita. Mas criar um arranjo mais elaborado, pode deixar suas mãos e unhas com um aspecto não muito agradável, por isso escolha um bom profissional, e tente negociar para ganhar o buquê da daminhas ou o buquê que você irá jogar para as convidadas.

 

Creditos ao NoivasOnLine

Read Full Post »

imagem

Dicas muito interessantes para economizar no cômodo da casa que mais gasta água, o banheiro! E de quebra ajudar a reduzir um recurso que está cada vez mais escasso! Vale a pena ler:
Reduzir o volume da descarga do banheiro, fechar a torneira na hora de escovar os dentes, reduzir o tempo debaixo do chuveiro e manter vaso sanitário, torneira e encanamento sem problemas são atitudes simples, mas fazem você economizar até R$ 2 mil por ano.

Usar a água de forma consciente não só ajuda o planeta, mas também o bolso. Por isso, a Pro Teste – Associação dos Consumidores dá dicas para você reduzir o consumo desse recurso e ainda ajudar a manter o orçamento familiar equilibrado.

Para isso, o primeiro passo é ficar de olho no modo como a água é utilizada na sua casa. De maneira geral, a maior parte da água consumida em nossas atividades diárias é desperdiçada. Dessa forma, o ideal é eliminar os hábitos que fazem o desperdício – e a conta – aumentar.

Mudanças de hábitos
O lugar onde o recurso escapa, literalmente pelo ralo, é no banheiro. Segundo a Associação, é no cômodo que 65% da água de toda a residência é consumida. Por isso, é lá que as principais medidas devem ser adotadas.

A primeira delas todo mundo sabe, mas vale insistir: diminuir o tempo do banho para cinco minutos pode fazer você economizar até 1,8 mil litros de água por mês e R$ 84 por ano. Para diminuir a queda da água ainda mais, o ideal é que o chuveiro fique desligado enquanto você se ensaboa.

Outra medida para economizar é fechar a torneira enquanto você escova os dentes. Manter esse hábito, supondo que você escove os dentes três vezes por dia, gera uma economia de R$ 100 por ano.

Torneira ou chuveiro pingando é sinal de desperdício e conta mais cara no final do mês. Por isso, fique atento a este detalhe, pois, além de economizar 16,5 mil litros de água por ano, no mesmo período, você guarda R$ 65.

A descarga é uma das vilãs, quando o assunto é desperdício. Segundo a Associação, é preciso ficar atento, pois aparelhos instalados em paredes podem ser regulados para fechar mais rápido e assim evitar desperdícios.

No caso de descargas acopladas ao vaso existe uma maneira de economizar R$ 57 por ano: basta colocar uma garrafa do tipo PET, cheia de água, dentro da caixa d’água da bacia. O recurso evita o consumo de dez litros de água por dia.

De olho nos vazamentos
Conferir o relógio de água, verificar canos que vêm da rua e checar a saída da caixa d’água também são formas de evitar uma conta de água pesada. Para se ter uma ideia, apenas um buraco do tamanho da cabeça de um alfinete em um cano faz você ter um prejuízo de R$ 373, por mês.

Vazamentos em vasos sanitários também podem sair caro. Um vaso, por exemplo, que continua liberando água depois de dada a descarga pode gerar uma conta R$ 778 mais cara, em um ano.

  A Pro Teste ressalta também que o consumidor fique de olho na leitura da água pelo hidrômetro. Dessa forma, você controla o que consome e pode se regrar para diminuir um pouco por mês os gastos com água. Fique atento: aumentos repentinos no consumo podem representar o surgimento de um vazamento.

Dicas Valiosas!

beijos, Prisummer!

 

Créditos ao: blogs.abril.com.br/vidaderico.

Read Full Post »

Older Posts »